Euromilhoes

domingo, outubro 01, 2006

NO DIA EM QUE MORRI...



Era um dia perfeito para se viver,
O céu estava radiante, o sol brilhava muito e
Eu tinha acordado cedo, coisa que não costumava fazer.
Logo fui encontrar uns amigos e dar umas voltas, o dia estava maravilhoso, digno de se viver, e aproveitar.
Fui á praia, brinquei, bebi, dancei, namorei... fiz
De tudo...caramba como eu estava animado, e tudo era alegria.
Cheguei em casa no fim da tarde, mais o dia pedia mais e mais.
Chegando em casa, meu pai já tinha chegado de mais um dia de trabalho, e estava descansando no quarto com minha mãe, e dormia o sono dos justo... pois estava cansado, e minha mãe lhe fazia companhia.
Sai bem devagar para não acordar, quando olhei para mesa, vi a chave do carro e quase sem sentir peguei, era como se alguma coisa ou alguém me empurrava para fazer isso.
Peguei e sai, quando cheguei na sala empurrei o carro, não queria acordar meus pais.
Quando cheguei, a um determinado tempo, entrei no carro e já sai cantando pneu... era muita emoção... a velocidade para mim era tudo, e naquele dia só faltava isso para um dia perfeito.
E tomei velocidade, o vento batia em meu rosto como quem queria disputar uma corrida comigo, e eu corria mais e mais....Até que de repente aparece um carro grande em minha frente, não sei de onde veio, minha vontade era ultrapassar mais um carro que não me dava oportunidade.
De repente o carro vacilou e eu passei....só que ele tinha dado passagem para uma camioneta.... e eu não vi.....
Quando acordei, vi que tinha uma multidão em minha volta, e todos falam ao mesmo tempo eu não entendia nada. Uns me chamavam de bêbado outros que eu estava drogado...Foi quando eu vi meu PAI...Ele colocou a cabeça dele no meu peito e chorava desesperado... Eu não entendia nada.
Minha mãe... estava em pé e de repente desmaiou... e alguém que eu não conhecia levou para algum lugar e eu não conseguia mais ver.
Meu Pai continuava colado em mim, sua lágrima molhava meu rosto; foi quando eu tentei abraçar ele, mais meus braços não me obedeceram, minhas pernas, tentei levantar e elas não saiam do lugar.
Olhei em minha volta, e vi muito sangue...e percebi que era meu sangue...foi quando me cobriram com um pano, e me colocaram em um carro escuro e frio...
Percebi que tinha morrido....morri no dia PERFEITO PARA VIVER.

(Rocha Filho)

Procol Harum - A Whiter Shade Of Pale...(video)...AS DIFERENÇAS ENTRE HOMENS E MULHERES





Entendendo as diferenças entre homens e mulheres
As diferenças de comportamento entre homens e mulheres são enormes; homens pensam de um modo, mulheres de outro e tudo isso comprovado cientificamente.
Homens têm maior actividade em áreas cerebrais diferentes das mulheres; homens têm hormonas que as mulheres não possuem e vice-versa; fisiologicamente, fisicamente, bioquimicamente, geneticamente são diferentes.
Então, como seres tão diferentes podem ter um relacionamento saudável? Esse é um dos maiores desafios da humanidade. Mas, calma, para tudo existe um modo especial.
A maioria dos homens somente aprendem isso com o tempo; as mulheres também. Geralmente, quando a mulher têm um problema ela quer desabafar, falar sobre o ocorrido, detalhes são colocados, suas emoções estão à flor da pele e necessitam ser validadas e ouvidas, mas lá vem o homem com sua mente lógica, querendo calcular perdas e ganhos e colocar soluções práticas, imediatas; por mais que sejam coerentes, essas soluções, o homem ainda não percebeu que as mulheres não querem isso, querem algo mais simples, pois a solução elas têm; apenas querem ser ouvidas, mais nada.
Ser ouvida é como um exercício de compreensão e carinho, validação e amor. Assim como para o homem, não ser criticado é essencial, para a mulher ser ouvida também é essencial. Mas nós homens ainda não entendemos isso e é nesse momento que as coisas se complicam.
Pois aí vai uma dica essencial para os homens: escutem mais e não revelem decisões e soluções; saibam que elas já possuem tudo sob controle.
O outro detalhe para se ter um relacionamento saudável é ir, aos poucos, entendendo um ao outro. O homem é um ser extremamente visual e no sexo não é diferente; ele é do tipo que vai directo ao acto, sem preliminares ou coisa do género. É claro que com o tempo ele amadurece e percebe que a mulher não gosta disso e que o acto de amor não é tão mecânico, mas sim um acto mágico que deve ser vinculado às emoções, sensações e ao amor.
Já, a mulher, possui uma característica cinestésica; ela precisa de toque, de contacto, de estímulo; o homem não, precisa apenas de uma roupa maravilhosa e de uma posição estimulante. Essas diferenças, com o tempo, desgastam o relacionamento. Por isso é fundamental saber o que cada um gosta e dar valor para essas pequenas coisas que geram grande resultados.
Portanto, a dica para os homens é: ao fazer amor com sua parceira não se esqueça do toque essencial; isso fará toda a diferença. E para as mulheres: o homem detesta mesmice; ele é visual, quer sempre algo diferente; ser criativa é uma saída íntima e pessoal.Aprendendo essas pequenas dicas podemos fazer grandes avanços no campo do companheirismo, da cumplicidade e do amor. Quer uma dica importante? Ponha tudo isso em prática e transforme o seu relacionamento.
Dr. Paulo Valzacchi

MEDITAÇÃO


A meditação nos conduz a uma forma de ser que está em perfeita harmonia e alinhamento com a natureza, e também com tudo e todos ao nosso redor - e com a nossa verdadeira natureza. Nesta meditação do céu, nós nos dissolvemos no infinito, tornando-nos unos com o céu.

Feche os olhos. Aquiete as mãos. Sente-se. Inspire profundamente, e expire. Mais uma vez. Relaxe. Solte. Largue tudo. Repouse naturalmente, fique à vontade. Por um instante, deixe tudo passar como ondas no mar, como nuvens no céu infinito.

Simplesmente observe. Fique quieto.
E saiba. Tudo está certo, aqui.
Solte tudo.
Solte, deixe ir embora.
À vontade. Nada mais a fazer. Nada a entender, nada a realizar.
Presente, simplesmente.
Natural. Em casa, confortavelmente.
Conheça a si mesmo.
Veja as coisas como são neste momento.
Inspire e expire. Profundamente, lentamente.
Deixe o ar entrar, deixe o ar sair.
Vá soltando tudo a cada respiração, cada vez mais.
Permita que tudo se acalme naturalmente, por si mesmo.
Deixe o corpo se acomodar naturalmente em seu próprio lugar, em seu próprio ritmo.
Deixe a mente se acomodar naturalmente em seu próprio lugar,
em seu próprio ritmo.
Deixe tudo fluir naturalmente por alguns momentos.
Momento a momento, um de cada vez.
Respire, sorria, esteja consciente.
Respire, sorria, esteja consciente.
Respire, sorria, esteja consciente.
Agora.
Abra os olhos.
Eleve o olhar.
Aumente o alcance do círculo de trezentos e sessenta graus, que é a consciência total.
Olhe para o céu.
Olhe para o espaço, suavemente, frouxamente, sem fixar a vista.
(Não é necessário forçar a visão.)
O espaço, como a mente, não tem começo nem fim.
Não há um lado de dentro nem de fora. Nenhuma forma, cor, tamanho ou aparência.
Misture seu olhar ao espaço; funda a mente com o infinito, o espaço vazio.
Dissolva-se no espaço - a consciência do espaço.
Projete a respiração no espaço, seguindo a expiração - para fora,
para fora, para longe.
Permita que todos os pensamentos, sentimentos,
sensações e emoções venham e vão livremente,
todos lançados na vastidão do espaço.
Olhe livremente para o espaço, para o céu aberto,
para a esfera cristalina da consciência primordial.
E solte, solte, solte.
Expire.
Inspire e expire o céu, e respirando dissolva-se no céu,
seguindo a expiração. Para fora, para longe...
Expire.
Abra-se.
Desfralde a mente búdica infinita.
Deixe tudo ir embora.
Permita. Solte.
Largue tudo, passado e futuro,
inclusive o corpo e a mente.
Misture-se a este céu, lentamente,
dissolva-se completamente
na luminosa
e espaçosa
alegria da meditação.

Depois de se dissolver no céu, pode apenas ficar sentado, usufruindo o vazio infinito e luminoso. Talvez apareça um pensamento, mas agora já sabe como observá-lo e deixar que ele venha e vá. Um sentimento pode se apresentar, mas ele também passará. Talvez sua concentração comece a diminuir. Mas já sabe como retornar à atenção, renovando-se, observando de novo o movimento natural da respiração que entra e que sai, com atenção especial à expiração, onde tudo vai embora.

PENSADORES

O PENSADOR (escultura de RODIN)
MACACO PENSADOR
PUMA PENSADOR
ANJO PENSADOR
BONECO PENSADOR

Santa Teresinha -Doutora da Igreja - Comemoração: 1 de Outubro


SANTA TEREZA DE LISIEUX
(Santa Teresinha do Menino Jesus e da Sagrada Face)
Santa Teresinha nasceu em 2 de Janeiro de 1873, em Alençon, França. Era a nona filha de um casal em que ambos tinham tido pretensões religiosas, mas não tinham sido aceitos. Quatro de seus filhos faleceram, e as cinco meninas se tornaram religiosas, uma Visitandina e as outras Carmelitas no convento de Lisieux, cidade para onde a família se mudou após a morte da mãe de santa Teresinha, Zélie Martin.
Santa Teresinha pediu permissão para entrar no convento aos quinze anos e foi considerada muito nova. Foi então com o pai a Roma, no ano do Jubileu, para pedir autorização directamente ao papa Leão XIII. Acabou por entrar no convento de Lisieux em 9 de Abril de 1888.
Os anos no convento se passaram tranquilamente. Santa Teresa queria muito ir como missionária para a Indochina, mas sua saúde debilitada não lho permitiu. Em Abril de 1896 descobriu-se que ela estava com tuberculose. Santa Teresinha viria a falecer em 30 de Setembro de 1897, em torno das sete da noite (a hora de sua morte já é considerada um pequeno milagre: era hora de descanso das freiras; a santa pedia a Deus que não lhe deixasse morrer tarde da noite, para não perturbar o sono de suas irmãs), com apenas 24 anos de idade e 9 anos de convento.
A santa dissera que uma chuva de rosas cairia sobre a Terra após a sua morte. Não demorou para os milagres começarem a aparecer. A cura de um seminarista em Lisieux em 1906 e a cura de uma religiosa nos Baixos Pireneus em 1919 são apenas dois dos vários considerados indiscutíveis pela Igreja.
A fama de sua santidade e de seus milagres aceleraram-lhe a canonização. Sua beatificação veio em 29 de abril de 1923, e em 17 de Maio de 1925, apenas 52 anos após seu nascimento, foi canonizada pelo papa Pio XI.
Santa Teresinha escreveu sua autobiografia, "História de uma alma" escrita por ela mesma, obedecendo a ordens superiores. O livro foi publicado pela primeira vez em 1898, um ano após sua morte, e foi traduzido em vários idiomas, com o anexo de suas cartas de conselhos espirituais. É sua obra fundamental e foi responsável pela ampliação da devoção à santa, que pregava o abandono de si a serviço de Deus.
NOVENA DE SANTA TERESINHA
O padre Putigan, S.J., no dia 3 de Dezembro de 1925, começou uma novena em honra de santa Teresa do Menino Jesus, pedindo à milagrosa santa uma graça importante. Nesta intenção começou a rezar 24 "Glória ao Pai", em ação de graças à SS. Trindade, pelos favores e graças concedidos a santa Teresa do Menino Jesus, durante os 24 anos de sua existência terrena. Pediu o padre a santa Teresinha que lhe desse um sinal de que a sua novena era ouvida, e este sinal seria receber ele uma rosa fresca e desabrochada. No terceiro dia da novena uma pessoa amiga procura o padre Putigan, e lhe oferece uma linda rosa vermelha. No dia 24 do mesmo mês, o padre começou uma segunda novena e pediu uma rosa branca. No quarto dia da novena, uma irmã, enfermeira do hospital, trouxe uma linda rosa branca, dizendo: "Aqui está uma rosa que santa Teresinha envia a V. Revma." Surpreso, pergunta o padre: "Donde vem esta rosa?" A freira então diz: "Fui à capela onde se acha adornada uma bela imagem de santa Teresinha, e, ao aproximar-me do altar da santinha, caiu aos meus pés esta rosa. Quis colocá-la de novo na jarra, mas lembrei-me de trazê-la a V. Revma." Alcançadas as graças pedidas na novena, o padre Putigan resolveu propagá-la, formando uma cruzada de orações em honra de santa Teresinha.
A NOVENA
Pode-se fazer esta novena dos 24 "Glória ao Pai" em qualquer dia do mês, mas é preferível e muito mais vantajoso fazer-se entre os dias 9 a 17 de qualquer mês, a fim de participar da comunhão de orações dos amigos de Santa Teresinha que fazem a novena nestes dias.
"Santíssima Trindade, Pai, Filho e Espírito Santo, eu Vos agradeço todos os favores, todas as graças com que enriquecestes a alma de Vossa serva santa Teresinha do Menino Jesus, durante os 24 anos que passou na terra, e, pelos méritos de tão querida santinha, concedei-me a graça que ardentemente Vos peço - (faça o pedido da graça que deseja) -, se for conforme a Vossa Santíssima vontade e para salvação de minha alma.
Ajudai minha fé e minha esperança, ó santa Teresinha, cumprindo mais uma vez vossa promessa de que ninguém vos invocaria em vão, fazendo-me ganhar uma rosa, sinal de que alcançarei a graça pedida".
Oração a Santa Teresinha
Santa Teresinha, a vós recorremos em nossas trevas. Alcançai-nos, para nós, para a nossa pátria, as luzes do Divino Espírito Santo... para que todo o nosso íntimo seja luz e claridade, para que recebam sempre os raios benéficos e esplêndidos de quem se apresentava ao mundo como a Luz celeste. Amem.

Doutora da Igreja
Comemoração: 1 de Outubro


FRASES DE SANTA TERESINHA

"Para mim, a oração é um impulso do coração, um simples olhar dirigido para o céu, um grito de agradecimento e de amor, tanto do meio do sofrimento como do meio da alegria. Em uma palavra, é algo grande, algo sobrenatural que me dilata a alma e me une a Jesus."

"Não possuo o valor buscar orações formosas nos livros, como não sei como escolher, penso como as crianças e digo simplesmente ao bom Deus o que necessito, e Ele sempre me compreende."

" O que me impulsiona a ir para o céu é o pensamento de poder acender no amor de Deus uma multidão de almas que o louvarão eternamente."

"Meu caminho é o caminho da infância espiritual, o caminho da confiança e da entrega absoluta".

"Quisera eu encontrar também um elevador que me elevasse até Jesus, porque sou demasiado pequena para subir a dura escada da perfeição".

"Na lavanderia minha companheira de trabalho sacudia a roupa com tanta força que me salpicava o rosto de sabão. Isto me fazia sofrer, porém jamais lhe disse nada a respeito, e assim sofria este pequeno sacrifício pelos pecadores".

"Eu nunca aconselho nada a ninguém sem antes recomendar-me à Virgem Santíssima. Ela é que faz que as palavras que digo tenham eficácia nos que as ouvem."

"A vida é um instante entre duas eternidades."

"Como é grande o poder da oração! É como uma rainha que em todo o momento tem acesso direto ao rei e pode conseguir tudo o que lhe pede."

"A Santíssima Virgem demostrou-me que nunca deixou de proteger-me. Logo quando a invoco, quando me vem uma incerteza, um aperto, imediatamente recorro a ela, e sempre cuida de meus interesses como a mais terna das Mães."

"Sabe-se muito vem que a Santíssima Virgem é a Rainha do Céu e da Terra, porém é muito mais Mãe que Rainha".

"Oh! Maria! Se eu fosse Rainha do Céu e Tu fosses Teresa, eu queria ser Teresa a fim de que tu fosses a Rainha do Céu."

"Depois de minha morte, farei cair uma chuva de rosas".

"Vou passar meu céu fazendo o bem na terra",

"Eu não morro, entro na vida".

OS "VELHINHOS"


A longevidade faz parte do desígnio divino com a doação do ponto culminante da vida que tem sentido devido à sabedoria do coração. Os idosos são os guardas da memória colectiva, possuem a perspectiva do passado e do futuro num presente que já é de eternidade e de serenidade, não se considerando apenas como quem espera passivamente um acontecimento destruidor, mas como aproximação promissora da plena maturidade de uma vida que nunca termina. A sua vida deverá convergir em relações entre as gerações, pondo à disposição de todos o tesouro do seu tempo, capacidades e experiências, para mostrar os valores autênticos perante as meras aparências. No actual culto da produtividade global, correm o risco de se considerarem inúteis, mas a sua presença deve demonstrar que o valor económico não é o único nem o mais importante. A vida é em si mesma o máximo valor em qualquer das suas etapas, ser ancião é a prenda mais sublime. A serenidade do idoso confere ao mundo vida e saúde, concebida como harmonia física, mental e espiritual.

Pelas estatísticas, sabemos que hoje existem mais de 600 milhões de pessoas com mais de 60 anos; e, segundo as previsões, em 2050 atingirá a cifra de 2000 milhões. Calcula-se que em 2030 71% desta população viverá nos países em vias de desenvolvimento, e de 12 a 16% viverão nos países mais ricos. Mesmo se o melhor é sempre envelhecer em família, verificamos o crescente número de idosos desamparados; desta forma a Igreja católica, hoje como ontem, procura ajudá-los a nível assistencial, apesar das crescentes dificuldades, tanto por falta de pessoal como de recursos. De facto, as Agências e Organizações católicas contam actualmente com 532 lares para a terceira idade em África, 3.466 na América, 1.456 na Ásia, 7.435 na Europa e 349 na Oceânia; no total, 13.233 centros de assistência para idosos em todo o mundo.

Face à marginalização dos idosos na sociedade actual e às perspectivas do futuro, impõe-se a necessidade de criar uma sociedade que inclua todas as idades e tenha como base a igualdade entre as gerações, na qual se dê lugar ao idoso, sobretudo à mulher idosa e aos mais pobres e desprotegidos.

Algumas sugestões:
Facilitar a solidariedade entre as gerações;
incluir o idoso na tomada de decisões tanto a nível familiar como social;
permitir o acesso do idoso aos cuidados sociais básicos, incluindo os tratamentos médicos, sobretudo para quem vive nas zonas rurais;
negociar com as empresas farmacêuticas para que, a preços baixos, todos possam comprar os remédios essenciais;
dar assistência especialmente aos idosos infectados de HIV, ou àqueles que têm sob a sua responsabilidade órfãos infectados por essa doença;
assistir os idosos com enfermidades mentais, como o Alzheimer ou semelhantes:
legislar ou fortalecer os esforços legais existentes para eliminar qualquer forma de abuso;
proteger a sua dignidade e a sua vida até ao seu fim natural, promovendo os cuidados paliativos;
estimular o idoso a manter a sua auto-suficiência e mobilidade até quando lhe for possível;
promover uma cultura social na qual se dê espaço ao idoso e se eduque a sociedade, tanto nos níveis elementares como nos profissionais;
estimular o idoso a compreender a evolução da sociedade actual e estimulá-lo a não se sentir estranho nela com pessimismo e rejeição;
educar os idosos para o uso dos progressos tecnológicos elementares no campo da comunicação e informação;
estimular o idoso a ter uma imagem positiva de si mesmo e eliminar dos meios de comunicação estereótipos falsos;
promover uma educação entre as gerações, de modo que os idosos ensinem os jovens e estes os idosos, num intercâmbio recíproco.

A pobreza e os seus problemas agravam-se na velhice, especialmente em situações de emergência ou de conflitos armados. Devem-se organizar sistemas de segurança social e facilitar a iniciativa dos idosos em questões económicas, por exemplo as mini-empresas. A impagável dívida externa da maioria dos países em vias de desenvolvimento, constitui um dos principais obstáculos para enfrentar as necessidades prioritárias dos idosos e a erradicação da pobreza, e é necessário adoptar medidas adequadas para a sua urgente solução. Os idosos que emigram têm muita dificuldade de se integrarem no país para onde vão, devido a impedimentos culturais e linguísticos. Com a emigração, sobretudo nas áreas rurais, a família desintegra-se e permanecem só os idosos desprotegidos e sem apoio económico, os quais, muitas vezes, se devem ocupar das crianças deixados pelos pais, e a comunidade internacional deveria ter consciência disto e encontrar soluções.

Os idosos devem ser considerados como um tesouro da sociedade.

Idosos portugueses são os quartos mais pobres da UE

É na República Checa que os idosos têm melhor qualidade de vida. Só o Chipre, a Irlanda e a Espanha têm resultados piores que Portugal.
Dos 25 países da União Europeia (UE), Portugal aparece em quarto lugar na percentagem de idosos que vive na pobreza. 29% da população com mais de 65 anos está no limiar da pobreza, com um rendimento inferior a 60% do rendimento médio. Feitas as contas, são cerca de 260 euros.
Os dados são fornecidos pelo estudo "Poverty of Elderly People in EU25" (PDF), financiado pela Comissão Europeia e elaborado por Asghar Zaidi, do European Centre for Social Welfare Policy and Research.
No documento, apenas o Chipre, a Irlanda e a Espanha apresentam um cenário literalmente mais pobre no que toca à terceira idade. Com um retrato mais optimista surge a República Checa, onde apenas 4% dos idosos vivem abaixo do limiar da pobreza.

Terceira idade menos penalizada nos países do alargamento

Os dez países do alargamento apresentam metade do risco de pobreza para a população idosa. A explicação avançada pelo estudo prende-se com o facto de a esperança de vida, nestes estados, ser seis anos inferior à dos Quinze.
Na Europa dos Quinze, a população com mais de 65 anos corresponde a 17% e nos países do alargamento cifra-se em 13,6%. Além disso, a Leste há apenas 2,6% de cidadãos com mais de 80 anos e nos Quinze o valor atinge 4,3%.

No geral, um em cada seis dos 74 milhões de cidadãos europeus idosos vive com menos de 60% do rendimento médio da população dos seus países, o que dá um total de 13 milhões de pessoas na UE.
O estudo agora publicado, feito entre 2003 e 2006, será apresentado e discutido numa conferência internacional na Finlândia, em Dezembro. O objectivo será debater as alternativas políticas para o combate à pobreza na população idosa da UE.
Carina Branco

Os Pensionistas

O DN de 10.11.04 informa que, em Portugal, existem quase 700 mil pensionistas que ainda não ganham o salário mínimo nacional (325,38 euros – 65.323$00 escudos na moeda antiga). Expliquem como é que estas pessoas conseguem viver com estes valores. Faço um apelo, a todos os governos, que façam um esforço para terminar com esta injustiça o mais urgente possível. É inacreditável que vão pessoas para a reforma com valores de 3.600 contos quando temos outros reformados a morrerem de fome e com falta de medicamentos para se tratarem porque as suas pensões não chegam para viver. Diz o mesmo jornal que há pessoas que recebem estes valores e ainda têm de pagar renda de casa de 100 euros (20 contos)... Só podem estar a gozar com elas! Vão buscar dinheiro aos impostos que não são pagos pelas empresas e pelos bancos que todos os anos fogem com milhões de contos; deixem de comprar armamento que só traz miséria e morte; deixem de comprar submarinos e aviões de guerra, e deixem de gastar dinheiro muito mal gasto em carros de grande cilindrada para os senhores ministros e para outros, ou em viaturas blindadas para o exército onde agora se vai gastar 344 milhões de euros, conforme notícia do Publico de 12.11.04. E não venham dizer a estas pessoas que o país está a fazer um grande esforço para as ajudar, porque isso não é verdade. Já passaram 30 anos desde o 25 abril e, tanto os governos à esquerda como à direita, nunca fizeram nada para acabar com esta pouca vergonha que nos transforma num país de terceiro mundo.

TABELA DOS VALORES DAS REFORMAS ATÉ AO SALÁRIO MINIMO CONFORME DIÁRIO DE NOTICIAS de 10.11.2004 (mais de 1 milhão de pessoas recebe até estes valores)

VALOR ACTUAL DAS PENSOES
ANOS DE CARREIRA CONTRIBUTIVA EM EUROS - ESCUDOS
menos 15 anos - carreira contributiva - 211,50 - 42.401,94
15 e 16 anos - carreira contributiva - 222,00 - 44.507,00
17 e 18 anos - carreira contributiva - 226,93 - 45.495,38
19 e 20 anos - carreira contributiva - 231,86 - 46.483,76
21 e 22 anos - carreira contributiva - 234,20 - 46.952,88
23 e 24 anos - carreira contributiva - 248,12 - 49.743,59
25 e 26 anos - carreira contributiva - 253,04 - 50.729,97
27 e 28 anos - carreira contributiva - 257,96 - 51.716,34
29 e 30 anos - carreira contributiva - 260,30 - 52.185,46
31 anos - carreira contributiva - 284,92 - 57.121,33
32 anos - carreira contributiva - 289,84 - 58.107,70
33 anos - carreira contributiva - 294,77 - 59.096,08
34 anos - carreira contributiva - 299,69 - 60.082,45
35 anos - carreira contributiva - 304,60 - 61.066,82
36 anos - carreira contributiva - 309,53 - 62.055,19
37 anos - carreira contributiva - 314,45 - 63.041,56
38 anos - carreira contributiva - 319,38 - 64.029,94
39 anos - carreira contributiva - 324,30 - 65.016,31
40 e mais anos - carreira contributiva - 325,38 - 65.232,83

Agora digam lá se alguém pode viver confortavelmente com estas reformas, num país onde 20% da população (mais de 2 milhões pessoas) vive abaixo do limiar da pobreza, e onde a diferença entre ricos e pobres não pára de aumentar. Grande parte da culpa desta situação é dos governos que Portugal tem tido devido, à sua inércia e por estarem constantemente a consumir grande parte da riqueza que recolhem de forma incompetente, restando-lhes pouco para redistribuir por estas pessoas, ao mesmo tempo que lhes vai prestando um mau serviço público que é muito caro para a maioria do povo português.

SABE AMAR?



Acreditamos e dedicamos nossa vida a um relacionamento e construímos um belo castelo e sonhamos com aquele final feliz...
O que aconteceu e porque depois de uns anos nos sentimos frustrados, insatisfeitos achando que o parceiro(a) mudou ou fizemos a escolha errada?
Na verdade usamos várias desculpas para não assumir nossas falhas e nossa falta de atenção para com o parceiro(a) (afinal é mais fácil ignorar o que o outro necessita).
Podemos alegar que “era muito novo(a) quando casei” ou “não tive tempo para romantismos tinha que trabalhar para dar de tudo para a família” ou “os filhos me tomavam muito tempo” ou “para que me arrumar se não vamos sair?”, etc...
Essas atitudes todas vão com o tempo deixando o relacionamento fraco, carente, instável, sem encanto, sem beleza; afinal quem não gosta de um simples recadinho ou telefonema dizendo eu te amo ou ser elogiado(a) ou sentir o parceiro(a) se produzindo, se perfumando para ficar consigo... mesmo sem sair de casa.
Essas pequenas faltas de demonstração de carinho é que levam as pessoas a procurarem novas buscas ou fugas ou novos parceiros(as) fora do lar.
Será que é esse o caminho para se resolver essa situação? Quando se opta por um relacionamento tem que estar ciente que está abrindo mão de uma individualidade, que se passa à pensar a dois, que deve se respeitar a personalidade do outro para que a sua também seja respeitada; pois ninguém muda ninguém.
Até que ponto somos responsáveis por essa chama que existia e hoje está se apagando ou está apagada? (a culpa é de ambos os lados não temos como jogar a responsabilidade somente em um dos parceiros).
“Devemos pensar nesses princípios... Primeiro - “Toda acção vai desencadear uma reacção.” Segundo - “Qualquer situação mal resolvida sempre retornará nos cobrando uma resolução.
” As pessoas idealizam certo tipo de pessoa, sendo que na verdade buscamos o tipo de parceiro(a) que mesmo inconscientemente preencheria nossa real necessidade.
Cada um de nós em determinado momento da vida quer o amor, o(a) amante, o(a) eterno(a) namorado(a); mas também necessita do colo, do companheirismo, da cumplicidade, da compreensão e apoio principalmente nos momentos difíceis, do respeito e incentivo aos projectos e sonhos .
Todos temos o direito de errar; mas errando é que crescemos e amadurecemos.
Se houver realmente amor e compreensão quando um dos parceiros estiver fraco ou que tenha que tomar alguma decisão delicada e difícil; o outro estará por perto dando o apoio necessário.
Relacionamento é parceria, troca, compartilhar, decidir a dois, é se doar incessantemente... mas será que isso ocorre na realidade?
Até que ponto vai o nosso egoísmo?
Sem a dedicação de ambos o relacionamento está fadado a ser frustrante e com o tempo pode ser rompido.
Enquanto não descobrirmos o que realmente necessitamos e resolvermos essas situações de frente e com responsabilidade não adianta sairmos em busca de soluções que serão somente paliativas; pois só estaremos nos enganando e magoando quem convive connosco.
As frustrações se não resolvidas podem com o tempo reflectir em doenças em nosso corpo físico.
Nesse período a pessoa fica muito fragilizada e vulnerável e acaba atraindo pessoas que vão suprir parte dessa carência; e a mesma acaba confundindo com “alma gémea” ou esse é “ meu verdadeiro amor”...
Passando uns meses vão começar os mesmos antigos sintomas... Começa então a ver que essa pessoa também não é o que imaginava, que também tem manias e defeitos como o anterior.
Começa então nova busca e tudo se repetirá de novo, pois ela mesma não sabe o que busca. Todos já ouvimos alguém dizer essa frase... “eu só arrumo parceiro(a) desse jeito, com essas características...porque?”
O porque dessa resposta está na própria pessoa, e ela não se apercebe disso, pois é ela quem projecta e atrai esse tipo de parceiro(a), ou seja algo que ela mesma necessita e precisa aprender a lidar.
Faça uma retrospectiva e veja desde o começo da sua própria escolha o que você fez e o que não fez para que essa chama do amor do coração que antes existia não se apagasse.
O convívio a dois é difícil sim, ambos tem que ter afinidades e querer que o relacionamento se concretize e que seja satisfatório para ambos; pois ninguém na verdade pensou em brincar de casinha ou construir um castelo de areia.
Acreditamos sim, numa relação forte e estruturada e que o objectivo maior fosse o amor...mas amor de coração e não uma paixão, pois a mesma acaba depressa como começou...
Então o amor não acaba? O amor bem estruturado, bem cuidado por ambos não acaba.
A paixão será somente momentos de muito carinho que com o tempo sobrará só recordação e o sentimento de amizade, de estima ou a sensação de que se foi usado(a) por uns instantes.
Muitos confundem amor com posse...mas “NINGUÉM É DONO DE NINGUÉM...”
Antes de cada atitude a ser tomada perante o outro pense se gostaria que fosse feita a si.
Pense sempre no que vai fala ao seu amor... pois quem fala as esquece....
Mas quem as ouve não...
Se sabe amar e ainda ama vale a pena tentar reacender a chama do amor que foi descuidada por ambos... É uma nova reconquista...
O amor só sobrevive se caminharem os dois lado a lado. O homem e a mulher foram feitos para caminharem juntos...
Reflicta sobre isso...e responda...
Sabe amar?

Silene Burzichelli AyubSilene

MADEIRA a Pérola do Atlântico

MADEIRA LIVRE
Quando acertamos, ninguém se lembra. Quando erramos, ninguém se esquece.


RELÓGIO e CALENDARIO



HORAS NO MUNDO

Praias Brancas e Águas transparentes

Praias Brancas e Águas transparentes
Paraiso

Arquivo do blogue

PAULOFARIA & C.ª®

Creio que Deus nos colocou neste delicioso mundo para sermos felizes e saborearmos a vida. A felicidade não vem da riqueza, nem do sucesso profissional, nem do comodismo da vida regalada e da satisfação dos próprios apetites. Um passo para a felicidade é, quando jovem, tornar-se forte e saudável, para poder ser útil e gozar a vida quando adulto. O estudo da natureza mostrará o quão cheio de coisas belas e maravilhosas que Deus fez no mundo para o nosso deleite. Fiquem contentes com o que possuem e tirem disso o melhor proveito. Vejam o lado bom das coisas em vez do lado pior. Mas, o melhor meio para alcançar a felicidade é proporcionar aos outros a felicidade. Procurem deixar este mundo um pouco melhor do que o encontraram, e, quando chegar a hora de morrer, poderão morrer felizes sentindo que pelo menos não desperdiçaram o tempo e que procuraram fazer o melhor possível. Deste modo estejam "bem preparados" para viver felizes e para morrer felizes.
BADEN-POWELL
Loading...

PAULO FARIA

PAULO FARIA

PAZ E TRANQUILIDADE

PAZ E TRANQUILIDADE

PAULO FARIA BLOG

PAULO FARIA BLOG
MADEIRA

OBRIGADO PELA SUA VISITA AO MEU BLOG

Tire todas as suas dúvidas sobre blogs.

COMENTE O MEU BLOG E DÊ SUGESTÕES

Credo dos Optimistas
O Credo dos Optimistas foi escrito há quase 100 anos por Christian D. Larson.
Eu prometo a mim mesmo Ser tão forte que nada poderá atrapalhar minha paz de espírito.Falar apenas de saúde, felicidade, e prosperidade para cada pessoa que eu encontrar.Fazer todos os meus amigos sentirem que há algo de valor dentro deles.Ver o lado positivo de tudo e fazer meu optimismo se tornar real.Pensar apenas sobre o melhor, trabalhar apenas para o melhor e esperar apenas o melhor.Ser tão entusiasmado com o sucesso dos outros quanto eu sou para o meu próprio sucesso.Esquecer os enganos do passado e me concentrar apenas nas maiores realizações do futuro.Vestir uma expressão de alegria todo o tempo e sorrir para toda criatura viva que eu encontrar.Direccionar todo meu tempo para me melhorar de maneira a não sobrar tempo para criticar os outros.Ser grande demais para preocupar-me, nobre demais para ter raiva, forte demais para ter medo, e feliz demais para permitir a presença de problemas.Pensar o melhor de mim mesmo, e anunciar isso ao mundo, não em palavras ruidosas, mas sim em grandes acções.Viver na fé de que o mundo inteiro está do meu lado, à medida em que sou sincero e verdadeiro quanto àquilo que há de melhor em mim.
Assim seja!


Acerca de mim

A minha foto
Sou misterioso, sou muito ligado ás tradições. sonhador da ternura da imaginação e da memória com tenacidade fixa, idealizo as recordações, acontecimentos e sentimentos do passado para me proteger contra as incertezas do futuro. No amor há algo dentro de mim como nos contos de fadas, com a a minha princesa, mas também com uma maldição para combater os monstros ameaçadores. Tento ser um romântico, mergulhando num sonho ideal e inacessível. O meu humor é extremamente mutável e em ocasiões sou rabugento e agressivo, tenho necessidade de auto-defensa (às vezes antes mesmo de ser atacado) é uma das minhas características não muito agradáveis. Oscilo entre o júbilo e a depressão. Ás vezes sou muito fechado. Costumo ser intelectualmente ligado às artes e à poesia.

PAULO FARIA BLOG

PAULO FARIA BLOG
FANTASTICBLOG

QUE FAZER NESTE PAÍS EM QUE OS RICOS FICAM MAIS RICOS E OS POBRES CADA VEZ MAIS POBRES?

Porque gosta dar uma olhada no meu Blog?